Categorias
Reflexão Significado

NIILISMO: O que NÃO É? Descubra o Verdadeiro Significado

Existe uma grande confusão sobre o VERDADEIRO significado de Niilismo.

Enquanto muitos estudantes preferem persistir nesse erro de interpretação, nós decidimos fazer diferente.

Por isso, escrevemos esse NOVO artigo para explicar para você o que é Niilismo passo a passo, de forma ÚNICA.

O verdadeiro problema da maioria dos estudantes é generalizar o termo, e misturar o real significado de Niilismo com outros conceitos semelhantes.

De fato, pensar que “Tudo é Niilismo” também faz acreditar que “Nada é Niilismo“.

E o primeiro passo para você entender com clareza o que é Niilismo é definir o que NÃO é Niilismo.

O que NÃO é Niilismo?

Niilismo: O que NÃO É?

Existem 3 formas de pensar que, com frequência, são CONFUNDIDAS com o Niilismo:

  1. Pessimismo.
  2. Cinismo.
  3. Apatia.

Em outras palavras, se você deseja dominar esse conteúdo com clareza, a associação com esses conceitos deve ser evitada.

Após entender o que NÃO é Niilismo, você estará finalmente pronto para compreender o que é niilismo.

Agora, vamos explicar passo a passo a diferença entre niilismo e cada um desses três conceitos.

1. Niilismo vs. Pessimismo.

Niilismo: O que NÃO É?

Se um pessimista caísse num poço e alguém se oferecesse para resgatá-lo, ele provavelmente responderia:

Por que você se preocupa? Dentro do poço ou fora do poço, todos vamos morrer de qualquer forma…

Em outras palavras, se o otimismo é a esperança, o pessimismo é a desesperança.

É algo sombrio e deprimente.

Mas…

1.1 Pessimismo NÃO é Niilismo.

O que é Amor Fati?

Na verdade, podemos ir mais longe em dizer que Niilismo é o oposto do pessimismo.

Muitos fatores do nosso dia-a-dia como…

  • A inevitabilidade da morte,
  • Frustração de nossos desejos,
  • Consequências não intencionais de nossas ações,
  • Tweets de nossos líderes políticos…

…podem nos levar tanto ao niilismo quanto ao pessimismo.

Contudo, esses dois caminhos divergem num único ponto, resumido na seguinte questão:

Devemos insistir em nosso desespero ou nos esconder dele”?

Enquanto o pessimista insiste no pessimismo, o niilista foge dele.

1.2 Pessimismo ou Otimismo?

frases de grandes pensadores

Se, como sugeri há pouco, niilismo e pessimismo são opostos, então o niilismo está muito mais próximo do otimismo.

Ver o copo meio cheio é pensar que devemos ficar felizes com o que temos, em vez de nos concentrarmos no que está faltando.

Mas ser feliz com o que temos também é uma forma ignorar o que nos falta.

E o niilista, por sua vez, busca ignorar o que faz falta afim de fugir do pessimismo.

Em outras palavras, não o pessimismo, mas sim o otimismo é o que mais se assemelha ao niilismo.

2. Niilismo vs. Cinismo.

Niilismo vs. Cinismo.

Na Grécia Antiga, um cínico era alguém que vivia como um cachorro (o grego kynikos significa “parecido com um cachorro”).

Para ser mais preciso, um cínico era alguém que vivia com o objetivo de permanecer fiel à natureza.

O antigo cínico enxergava os papéis sociais desempenhados pelas pessoas como sendo falsos, e por isso rejeitava a vida em sociedade.

Hoje, da mesma forma, cínico é quem despreza a sociedade, pois entende que a sua composição é feita apenas por pessoas falsas.

Ser cínico é presumir o pior das pessoas.

É pensar que a moralidade é um mero fingimento e supor que, mesmo quando as pessoas parecem estar ajudando umas as outras, na verdade estão apenas tentando ajudar a si mesmas.

Consequentemente, o cinismo muitas vezes pode se parecer com o niilismo.

Mas cinismo NÃO é Niilismo.

2.1 Cinismo e Negatividade.

o que é existencialismo?

Um cínico pode até aproveitar a vida.

Em particular, um cínico pode ter prazer em zombar daqueles que afirmam que o altruísmo existe, ou que os políticos são servidores públicos abnegados.

Mais especialmente, o cínico acha risível a ideia de que devemos tentar ver o bem nas pessoas.

Por isso o cinismo, assim como o pessimismo, é sobre o sentimento de negatividade.

No entanto, enquanto o pessimismo tem a ver com desespero, com a sensação de que a vida não tem sentido diante da morte, o cinismo tem muito mais a ver com o desdém da vida.

2.2 Cinismo e o Sentido da Vida.

O que é Epistemologia?

Um cínico jamais diria que a vida é sem sentido, mas diria que o que as pessoas afirmam sobre a vida não tem sentido.

Ao mesmo tempo, uma questão fundamental para evitar o desespero é a disposição de acreditar que:

  • As pessoas podem ser boas;
  • A bondade é recompensada;
  • Essas recompensas podem existir mesmo sem experimentarmos elas.

Mas para um cínico, a disposição de acreditar é também uma disposição para ser ingênuo e manipulável.

Por isso, o cínico prefere permanecer na dúvida do que correr o risco de ser enganado.

Os pessimistas não são niilistas porque aceitam o desespero como base da realidade, ao invés de fugir dele.

Os cínicos NÃO são niilistas porque aceitam a mentira como base da realidade, ao invés de fugir dela.

3. Niilismo vs. Apatia.

Senso Crítico

Assim como o pessimismo e o cinismo, o niilismo também é frequentemente associado à apatia.

Ser apático é não ter pathos, ou seja: não sentir, não querer.

Em outras palavras, apático é alguém que não se importa com nada.

O pessimista se desespera, o cínico sente desdém, mas o apático não sente nada.

Muitas vezes, a apatia é vista como niilismo.

Mas apatia NÃO é niilismo.

3.1 Niilismo e a Falta de Sentimentos.

Niilismo: O que NÃO É?

A apatia pode ser uma atitude (“eu não me importo com isso”) ou um traço de caráter (“eu não me importo com nada”).

No entanto, em ambos os casos, o indivíduo apático está expressando uma opinião pessoal, e não está fazendo uma afirmação sobre como todos deveriam se sentir.

Como o indivíduo apático não sente nada, ele sequer sente o desejo de convencer os outros de que eles também não deveriam sentir nada.

Mas o niilista tem sentimentos.

Nietzsche, por exemplo, tentou demonstrar os sentimentos em ação no Niilismo em seu argumento de “Moralidade da Piedade“.

3.2 A Moralidade da Piedade

Existencialismo: Frases de Nietzsche

A teoria da “Moralidade da Piedade” afirma que é bom sentir pena dos necessitados, e é especialmente bom ser movido por tal pena para ajudar os necessitados.

Mas, segundo Nietzsche, o que muitas vezes motiva o nosso desejo de ajudar é a forma como nos enxergamos enquanto ajudamos:

Poderosos o suficiente para ajudar.

A “Moralidade da Piedade” não é sobre ajudar os outros, mas sim sobre elevar-se a si mesmo enquanto reduzimos os outros.

Dessa forma, permitimos a nós mesmos sentir que somos melhores do que somos pois somos superiores do que os necessitados.

Em outras palavras, a moralidade da piedade nos leva a sentir pena, e a pena nos leva ao sentimento de poder e superioridade em relação ao próximo.

Para Nietzsche, sentir pena é pior que sentir nada, pois a pena nos motiva a perpetuar a injustiça ao invés de acabar com ela.

Isso porque, afinal, a pena nos faz sentir melhores do que realmente somos.

Mesmo assim, isso não significa que seja melhor sentir apatia.

3.3 A Fuga Niilista dos Sentimentos.

Frases Existencialismo

Versões populares do estoicismo e do budismo defendem a calma, o desapego, a tentativa de não sentir o que sentimos.

Forçar-se a ficar apático é um ideal niilista, pois fazer isso é fugir de nossos sentimentos, ao invés de confrontá-los.

Há, portanto, uma diferença importante entre ser apático e tornar-se apático

O Niilista deseja ser apático porque pretende libertar-se dos próprios sentimentos e apegos.

4. Afinal, O Que é Niilismo?

frases de grandes pensadores

Ao final dessa leitura você descobriu com clareza o que NÃO é Niilismo.

Ao mesmo tempo, você também deve ter percebido algumas características essenciais da filosofia niilista:

  1. Fuga do pessimismo e da negatividade.
  2. Crença que as pessoas podem ser boas, e que atos bons podem sim ser recompensados.
  3. Libertação dos sentimentos, pois eles são enganosos.

A palavra niilismo vem do latim, e sua tradução ao pé da letra significa “ideologia do nada“.

Sua argumentação principal afirma que a vida acontece sem sentido objetivo, propósito ou valor intrínseco.

Então, nós somos responsável por criar o sentido da própria vida.

Ser niilista significa que as crenças que temos, ou pensamos ter, são equivalentes a nada sem nossas ações.

Por exemplo, se acreditamos que a vida tem sentido e, ainda assim, passamos nossas vidas sem fazer nada que valha a pena mencionar, então nossas ações revelam que nossa crença é inútil.

É aqui que podemos começar a ver por que o niilismo é tipicamente visto como algo sombrio, negativo e destrutivo.

Leituras Relacionadas

[AMAZONASSINE AGORA A NETFLIX DOS LIVROS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *