Categorias
Reflexão Significado

Mito da Caverna de Platão DESVENDADO – Resumo Definitivo

Mito da Caverna de Platão DESVENDADO – Resumo Definitivo.

Você gosta de cinema?

Então talvez você conheça bem algum dos filmes a seguir.

Muitos concordam que essas obras são memoráveis, mas a maioria desconhece a verdadeira origem das ideias de cada um desses filmes:

  • O Show de Truman;
  • Matrix;
  • A Origem;
  • Interestelar;
  • A Ilha do Medo;

Se você assistiu algum desses filme, você já foi apresentado às ideias do…

Mito da Caverna de Platão.

Amor Fati

O que eu mais gosto sobre o Mito da Caverna é que, apesar de milenares, as ideias de Platão permanecem atuais.

O Mito da Caverna é uma teoria apresentada por Platão sobre

  1. Como nós (seres humanos) entendemos a realidade;
  2. Como a nossa percepção do que é real pode estar equivocada.

Platão afirmava que o conhecimento adquirido por meio dos sentidos nada mais é do que uma opinião.

Em outras palavras, podemos ser facilmente enganados pelos nossos sentidos.

Por isso, a única forma para alguém ter acesso ao verdadeiro conhecimento seria através o raciocínio filosófico.

Para entender melhor o Mito da Caverna de Platão, imagine a seguinte cena…

Imagine uma Caverna Escura…

Mito da Caverna DESVENDADO!

Imagine uma caverna escura na qual existem três prisioneiros.

Os braços e pernas desses prisioneiros estão amarrados, e eles não conseguem se movimentar.

Suas cabeças também estão amarradas de forma que eles só conseguem olhar para uma única parede de pedra, localizada na frente deles.

Eles estão nessa situação desde o nascimento, e nunca viram nada fora da caverna.

As Sombras do Mito da Caverna.

Atrás dos prisioneiros há uma passarela, e atrás da passarela existe uma grande fogueira.

Mito da Caverna de Platão DESVENDADO!

As pessoas caminham naturalmente ao longo desta passarela, e carregam coisas na cabeça, incluindo animais, plantas, vasos, pedaços de madeira e pedras.

Enquanto as pessoas caminham, os prisioneiros conseguem ver as sombras dos objetos carregados projetadas na parede.

Como eles nunca viram os objetos reais antes, eles acreditam que as sombras são os próprios objetos reais.

Inclusive, os prisioneiros criaram um “jogo” de adivinhar qual sombra aparecerá em seguida.

Se um dos prisioneiros adivinhasse corretamente, os outros o elogiariam como inteligente e diriam que ele era um mestre da natureza.

Assim se passavam os dias, até que um dos prisioneiros conseguiu escapar de suas amarras, e finalmente saiu da caverna.

A Fuga do Mito da Caverna.

A fuga do mito da caverna

Ele ficou chocado ao descobrir um novo mundo existia fora da caverna.

À medida que seus olhos se acostumavam com a claridade da luz, ele percebia que sua visão anterior da realidade estava errada.

Enfim, o prisioneiro entende que a sua vida anterior, as sombras e os jogos de adivinhação eram inúteis!

Então, ele decide retornar à caverna, para informar os outros prisioneiros sobre as suas novas descobertas.

Contudo, seus companheiros não acreditam na sua história, e ameaçam matá-lo se ele tentar libertá-los.

O Mito da Caverna de Platão Hoje.

É importante saber que o Mito da Caverna de Platão contém muitas formas de simbolismo.

Ao narrar essa história, Platão pretendia ajudar seus alunos gregos a desvendarem com clareza a natureza da percepção.

Veja agora um breve resumo do significado dos símbolos presentes no Mito da Caverna…

A Caverna.

No Mito da Caverna de Platão, a caverna representa a crença de que o conhecimento vem do que vemos e ouvimos no mundo.

Contudo, aqueles que acreditam nos próprios sentidos sem questionar sua percepção estão presos em uma “caverna”, sujeitos a uma série de mal-entendidos.

As Sombras.

As sombras representam as percepções daqueles que acreditam que as evidências garantem o conhecimento.

Se você aceita como verdade tudo aquilo que você vê, sem fazer um “filtro de questionamentos”, então você está apenas vendo uma sombra da verdade.

O Jogo.

No Mito da Caverna de Platão, o jogo representa a forma como as pessoas elegem seus “mestres” mesmo quando o seu conhecimento é baseado apenas em sombras.

A Fuga.

O prisioneiro fugitivo representa quem faz uso do “filtro da filosofia” para perceber o mundo além da ilusão dos sentidos.

Segundo Platão, essa é a única forma de encontrar a verdade e a sabedoria.

O Retorno

No Mito da Caverna, a reação dos outros prisioneiros ao retorno do fugitivo representa o quanto as pessoas têm medo de terem suas crenças confrontadas.

Mito da Caverna e Teoria das Ideias.

Frases Existencialismo

O Mito da Caverna está relacionado à outra teoria de Platão: a Teoria das Ideias.

Segundo Platão, a realidade que percebemos através dos nossos sentidos são como as sombras de uma caverna.

Para Platão, as formas são dotadas do mais alto grau de realidade, e estão presentes apenas no mundo das ideias.

A essência da realidade que experimentamos através dos nossos sentidos é um vislumbre desse mundo perfeito.

Por fim, deixamos uma pergunta: como você interpreta o Mito da Caverna de Platão na sua realidade?

Deixe o seu comentário!

Leituras Relacionadas:

2 comentários a “Mito da Caverna de Platão DESVENDADO – Resumo Definitivo”

Sempre bom ver você por aqui Professor Galdino! O Mito da Caverna é um divisor de águas na vida da maior parte dos estudantes. Espero que esse conteúdo ajude muita gente a entender essas ideias milenares, porém mais atuais que nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *