Categorias
Reflexão

Causas da Ansiedade: 3 Contradições Modernas que Provocam Angústia

Causas da Ansiedade: 3 Motivos Modernos, Porém Ignorados.

Se a “linha do tempo” da sua vida estivesse num aplicativo de celular, e pudesse ser analisada por você, o que mais chamaria a sua atenção?

Imagine ter a oportunidade de rever seus melhores momentos – quais seriam? Se você pudesse acertar seus piores erros, o que você faria diferente?

Imagine também que esse app fosse capaz de calcular a quantidade de energia que você investiu nos seus projetos pessoais.

No total, quantas horas você passou com a sua família? Quantos dias foram dedicados ao trabalho? Quais atividades demandaram mais esforço?

Por fim, a “linha do tempo” apresenta para você um dado sombrio. De início você preferiu ficar sem saber, mas a sua curiosidade foi mais forte.

Afinal, quanto do seu tempo de vida, até agora, foi perdido por causa da ansiedade?

Causas da Ansiedade.

Causas da Ansiedade.

Quanto tempo a ansiedade já lhe roubou?

  • Quantas noites de sono foram atrapalhadas enquanto você pensava sobre as incertezas do futuro?
  • Quais dos seus melhores objetivos foram procrastinados porque a ansiedade te paralisou?
  • Quantas vezes a angústia de pensar sobre o que está fora do seu controle corroeu seu bom humor?

A partir de agora, você será apresentado a 3 causas da ansiedade que afetam milhões de pessoas no mundo moderno.

Essas causas são compartilhadas por todos pois possuem uma origem comum: as inconsistências do mundo moderno.

Isso torna esses motivo óbvios, porém ignorados pela maioria.

1. Modernidade Líquida.

Modernidade Líquida.

Segundo o sociólogo Zygmunt Bauman, vivemos em tempos líquidos.

Isso significa que a humanidade está cada vez mais individualista, seus laços sociais são cada vez mais frouxos e a existência cada vez mais vazia de sentido.

Nesse sentido, o lema “querer é poder” é a principal superstição do homem moderno.

Você deve ser o que você quiser, mas só se você fizer por merecer. Assim, somos coagidos a maximizar o próprio desempenho.

Senhores de nós mesmos. Escravos de nós mesmos.

Para sustentar essa crença, no entanto, pagamos o preço de uma incrível falta de introspecção. Apesar de toda a racionalização eficiente, continuamos dependentes das mesmas forças que sempre estiveram fora do nosso controle. Entre elas, a imprevisível e incontrolável força do futuro.

Por isso, esse intenso processo de modernização é a primeira das 7 causas da ansiedade que abordaremos nesse artigo.

Por fim, caso você queira estudar esse tipo de análise crítica da modernidade de forma mais profunda, recomendo esses 3 livros impactantes:

  1. Modernidade Líquida;
  2. Sociedade do Cansaço;
  3. O Homem e seus Símbolos.

Agora, quero te apresentar uma ferramenta moderna que também é uma das causas da ansiedade na maioria dos seus usuários.

2. A Grande Caixa de Skinner.

Causas da Ansiedade: Redes Sociais.

Um movimento científico chamado behaviorismo surgiu por volta de 1920, com o objetivo de descobrir como controlar o comportamento de animais.

Então, um famoso cientista chamado B. F. Skinner criou um experimento conhecido como “A Caixa de Skinner”.

Nela, os ratinhos de laboratório recebiam uma recompensa sempre que faziam algo esperado. Assim, Skinner descobriu como hackear o sensível sistema neural de prazer vs. recompensa desses pequenos animaizinhos.

Como você já deve imaginar, esse método prático de adestramento foi replicado em experimentos com seres humanos.

E funcionou.

Naquela época, a descoberta parecia inofensiva, pois só seria submetido a esse tipo de pesquisa isolada quem se candidatasse.

Mas… e se um dia a tecnologia possibilitasse uma Caixa de Skinner em escala global?  

Sean Parker, primeiro presidente do Facebook, tem a resposta:

“Precisamos lhe dar uma pequena dose de dopamina de vez em quando, porque alguém deu like ou comentou em uma foto ou postagem. Isso é um circuito de feedback de validação social, exatamente o tipo de coisa que um hacker como eu inventaria, porque explora uma vulnerabilidade na psicologia humana. Isso muda a relação de vocês com a sociedade, uns com os outros. Isso provavelmente interfere de maneiras estranhas na produtividade. Só Deus sabe o que as redes sociais estão fazendo no cérebro de nossos filhos”.

Chamath Palihapitiya, ex-vice-presidente de crescimento de usuários do Facebook, complementa:

“Criamos ciclos de feedback de curto prazo impulsionados pela domapina que estão destruindo o funcionamento da sociedade. Isso está erodindo o alicerce de como as pessoas se comportam umas com as outras”.

Nesse sentido, uma das principais causas da ansiedade moderna é o uso desequilibrado das redes sociais.

Por fim, se você também sofre desse mal, recomendo a leitura desse artigo completo que explica passo a passo como trocar o vício em redes sociais por livros.

3. Hábitos.

3 Possibilidades

Sou o resultado daquilo que faço repetidamente“. – Aristóteles.

Quando olhamos ao nosso redor, e depois para o nosso íntimo, identificamos problemas sérios, impossíveis de serem resolvidos no nível superficial que foram criados.

Precisamos de um novo estágio de pensamento, muito mais profundo. Uma abordagem centrada em princípios, em caráter, naquilo que vem “de dentro para fora”.

De dentro para fora”, por sua vez, significa começar consigo mesmo. É sobre conhecer os mais íntimos paradigmas do seu caráter. Nesse sentido, nosso caráter, basicamente, é composto pelos hábitos que desenvolvemos. 

Os hábitos constituem fatores poderosos em nossas vidas. Uma vez que representam padrões coerentes, e muitas vezes inconscientes, eles são responsáveis pela nossa eficácia – ou ineficácia.

Horace Mann, um grande educador, um dia disse: “Os hábitos são como cordas. Se acrescentarmos um fio por dia, em pouco tempo não podem mais ser rompidos“.

Por outro lado, imaginar uma vida de impulsos momentâneos, de ações de curto prazo, destituída de rotinas sustentáveis, uma vida sem hábitos, é imaginar, de fato, uma existência sem sentido.

A busca por sentido num mundo onde a falta de reflexão é regra, é também uma das grandes causas da ansiedade moderna.

Qual o destino que você almeja colher no futuro? Quais hábitos você precisa plantar hoje para que isso aconteça? Quais motivos são o combustível que move o seu “motor”?

Por fim, recomendo esse livro. Isso porque ele me ensinou a criar hábitos altamente eficazes.

Então, até o próximo artigo!

“Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *